BRUXARIA FAMILIAR – GRUPO DE BRUXARIA FAMILIAR

Loja Wicca - Produtos Wiccanos e Presentes Esotéricos

Navegue entre presentes da Zazzle.

O PODER NA BRUXARIA

Compartilhe
avatar
Nubius Draknir

Mensagens : 35
Data de inscrição : 19/08/2010
Idade : 46
Localização : Brasília
05082014

O PODER NA BRUXARIA

Mensagem  Nubius Draknir





O PODER NA BRUXARIA



Muitos visam o poder de fazer coisas sobrenaturais quando adentram no paganismo/bruxaria. No entanto, quer ser seja por ignorância – no sentido real da palavra –, quer seja pelos devaneios fictícios (devido a filmes e publicações fantasiosas), desconhecem o que realmente é o sobrenatural e, indo mais profundamente, o que é realmente o poder.

Deve-se atentar para que o dito natural e sobrenatural são rótulos que se ligam de forma direta e explicita ao comum e não comum (habitual e não habitual). Quando, no decorrer e avanço nos estudos e prática, no Caminho da Magia, vai-se aprendendo e tendo conhecimentos/consciência de que o natural e sobrenatural são a mesma coisa, só que vistas sob pontos de vista diferente – esclarecido e não esclarecido.


Surge a questão: como assim esclarecido, não esclarecido, não existe sobrenatural? Então o que é poder?

É notório que na medida em que nos aprofundamos na bruxaria/paganismo vamos obtendo saberes e ampliando a consciência e visão sobre todos os aspectos de nossa vida – espiritual, financeiro (material), emocional, etc., assim vamos perdendo a dita ignorância e, consequentemente, vamos nos tornando mais esclarecidos.

Pontos que outrora nos eram obscuros se tornam cada vez mais claros, mais límpidos aos nossos olhos e, em contrapartida, temos um feedback muito mais rápido e apurado de assuntos e coisas do que as outras pessoas – e até para nós mesmos em tempos idos – são estranhas e praticamente impossíveis, ou melhor, mais difíceis de serem aceitas e realizadas.

A ignorância é uma benção que nos é negada quando adquirimos conhecimento. Assim o ignorante é o não esclarecido, ou seja, aquele que não possui conhecimento em determinado assunto. Deste modo, dentro da Arte não existe, de todo, o não esclarecido uma vez que com o tempo este se tornará sabedor dos assuntos que em um dado momento não possui.


Tá, mas e o poder, onde fica nesta história?

O poder vem com o tempo, conhecimento e prática. Infelizmente muitos dos que já são mais vividos no Caminho se esquecem disto. A maior fonte de poder é o conhecimento, por isso a importância e o foco em se estar sempre estudando. A sabedoria em utilizar este conhecimento provém do experimento, vivência e da prática constante do conhecimento adquirido.

O poder em si, puro e simples, não é sobre alguém, não é subjugando ou destruindo. O poder, dentro de qualquer Caminho Mágicko, vem do com, compartilhando, ajudando e construindo alianças mágickas – ou não –, aprofundando o conhecimento, vivência, experimento e prática com todos – seres mágickos, mundos, dimensões, com o outro e, principalmente, consigo mesmo.


Consigo mesmo? Como assim?

Simples, o poder maior é o poder sobre si mesmo. Somente assim poder-se-á ter poder junto aos outros seres.Sobre? Mas não era com? Sim, somente sobre si e não sobre os outros. Há de se ter conhecimento e domínio sobre nosso ser – caráter, ânimo, gênio, sombra, sentimentos, enfim –, e o constante trabalho de transformação (alquimia) interna (espiritual) pode e irá desenvolver uma fonte de poder gigantesca que, em consequência, é a chave para o poder propriamente dito e para as maravilhas que podemos alcançar.

Hum, e o sobrenatural, existe ou não?

Bem como disse, quando estamos em um Caminho Mágicko vamos obtendo conhecimento, prática e, consequentemente, amplitude de visão – consciência – e novas formas de ver as coisas – pontos de vista. O sobrenatural não deixa de existir, no entanto ele é visto sob vários ângulos e saberes e, de certo modo, nos passa a ser natural. Sim natural porque há o conhecimento de Leis Maiores – Divinas/Universais – e de Leis Menores – química, física e filosófica – que são exercidas nos meios tidos outrora como sobrenaturais.

O fato é que ainda existem coisas que não fazemos tais como, por exemplo, ressuscitar os mortos ou levitar corpos. Isto é sobrenatural? Talvez. Mas acredito que não realizamos estes feitos por ainda não dominarmos a nossa capacidade plena – mental e espiritual – e que futuramente iremos desvendar as Leis – menores e maiores – que nos permitam realizar tais facetas.

O importante, no momento, é despertar a nossa consciência para o fato do poder na bruxaria – no paganismo e em qualquer outro Caminho Espiritual e Mágicko – ser construído, conquistado e alcançado com estudo e prática. Que o poder é com e não sobre os outros e, o mais importante, é que em qualquer que seja o ponto/estágio de poder que tenhamos no momento, ainda temos muito o que aprender e falta muito para conquistarmos e sermos plenos em nós mesmos e em nossa Divindade.

Que começemos a construir um poder autêntico, real, mágicko, forte e com consciência, amor e verdade em nosso viver e caminhar.



Nubius Pendragon – 5/AGO/2014


_________________
Bençãos dos Deuses Antigos a ti,

Núbius Draknir
Filho da Senhora dos Dragões
Sacerdote da Antiga Fé
Compartilhar este artigo em: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

Nenhum comentário.


    Data/hora atual: Qui Dez 13, 2018 10:56 pm